A URSS

. terça-feira, 27 de outubro de 2009

Fig. 1 - Lenine, Trotsky e Estaline


Doc. 1

O poder passou para as mãos de um nova classe: a burguesia. O novo Governo burguês não merece a confiança do proletariado. O nosso governo está decidido a prosseguir a guerra. Os sovietes dos deputados, operários, soldados, camponeses representam um novo tipo de Estado. Devemos exigir a nacionalização imediata de todos os bens.


Lenine, Tarefas do proletariado na nossa revolução.

Agora já sabes responder:
1. Quem era o líder Russo nas vésperas da Revolução Burguesa (Menchevique). (Resposta da Joana Frade, nº 15 do 9º E).
O líder Russo nas vésperas da Revolução era Czar Nicolau II, último imperador da Rússia. Este nasceu no Palácio de Catarina, em Tsarskoye Selo, a 18 de Maio de 1868. O seu reinado iniciou-se a 1 de Novembro de 1894, com a morte do seu pai, Alexandre III. Durante o mesmo viu a Rússia Imperial decair de um dos maiores países do mundo para um desastre económico e militar e aprovou a mobilização de Agosto de 1914, que marcou o primeiro passo fatal em direcção à Primeira Guerra Mundial. O seu reinado terminou com a Revolução Russa de 1917, sendo aprisionado num palácio e posteriormente assassinado juntamente com a sua família pelos Bolcheviques na madrugada de 16 para 17 de Julho de 1918.


2. Refere as criticas que Lenine faz ao novo governo. (Resposta do João Alves, nº 16 do 9º E))
Lenine criticou o governo menchevique porque dizia que o governo estava nas mãos dos burgueses, que não pretendiam ajudar o proletariado. Para além disso, os mencheviques não tinham intenção de sair da 1ª Guerra Mundial. Lenine dizia também que como tinha sido criado um novo estado as grandes propriedades deviam deixar de ser privadas e em vez disso deviam ser nacionalizadas, tal como todos os bens necessários à vida da nação.

3. Identifica o responsável do "governo burguês". (Respostas da Joana Frade, nº 15 do 9º E).
O responsável do governo burguês foi Alexander Kerensky, um político social-democrata e advogado, foi o segundo e último primeiro-ministro do Governo Provisório Russo, exercendo o cargo entre 21 de Julho e 8 de Novembro de 1917. Como líder revolucionário russo, desempenhou um papel muito importante na queda do regime czarista na Russo. Foi um dos líderes da Revolução de Fevereiro, mas não pôde evitar a Revolução de Outubro, quando os bolcheviques tomaram o poder.

4. Identifica a politica que defendia a nacionalização referida no documento. ((Respostas da Daniela Cordeiro, nº 19 do 9º D).
A política referida no documento que defendia a nacionalização é o Comunismo de Guerra que era um imposto para todos os cidadãos, que tinha como objectivo combater as necessidades do exército e dos operários.

5. Refere quais foram as suas principais medidas. (Respostas da Bárbara Sousa, nº 4 do 9º D).
As suas principais medidas foram:
# Retirar aos camponeses todos os alimentos excedentes para dar aos soldados,
# Ser um estado de sítio e Tchecka (polícia secreta)
# Requisitar os campos
# Nacionalização implacável
# Socialização completa da produção e do trabalho
# Existência de um partido único
# Aniquilção da dissidência
# Repartição dos stocks e produtos

25 comentários:

Karina , 7F, Nº19 disse...

karina 7F N19
Não diga a ninguem que eu respondi. Por favor.

1)O líder Russo nas vésperas da Revolução Burguesa era o Trotsky.
4)A politica que defendia a nacionalização era o Comunismo.

ZeR'0 disse...

1. O líder Russo nas vésperas da Revolução Burguesa foi Kerensky.

2. AS criticas que Lenine fez são o facto do governo burguês não merecer a confiança do proletariado e o facto do mesmo ter prosseguido com a guerra.

3. Czar Nicolau II

4. A politica que defendia a nacionalização referida no texto era o comunismo.

5.
- E declarada paz democrática com a a Alemanha.
- Há nacionalização dos bens [da igreja, da coroa, da nobreza e grandes proprietários].
- Passa a haver um controlo operário sobre a produção.
- Garantirá a convocação da assembleia constituinte
- Todas as nacionalidades que viviam na Rússia têm direito absoluto a si próprios.
- O congresso passa o exercício de todo o poder nas províncias para os Sovietes dos Deputados.

Anónimo disse...

1.O líder russo nas vésperas da Revolução Burguesa era Czar Nicolau 2(||).
2.
3.O responsável do governo burguês era Lenine.
4.A política que defendia a nacionalizaçao é o comunismo.
5.As suas principais medidas foi:
-A requisição nos campos;
-O racionamento implacável nas cidades;
-A socializaçao da produção e trabalho;
-A distribuiçao dos últimos stocks de manufacturas;
-O partido único e acabar com oponentes;
-O estado de sítio e polícia secreta
Trabalho feito por:Ricardo Santos nº26 9ºE

Anónimo disse...

João Alves, nº 16
1. O antigo líder russo era o czar Nicolau II.
2. Lenine criticou o governo menchevique porque dizia que o governo estava nas mãos dos burgueses, que não pretendiam ajudar o proletariado. Para além disso, os mencheviques não tinham intenção de sair da 1ª Guerra Mundial. Lenine dizia também que como tinha sido criado um novo estado as grandes propriedades deviam deixar de ser privadas e em vez disso deviam ser nacionalizadas, tal como todos os bens necessários à vida da nação.
3. O líder do governo menchevique era o Alexander Kerensky
4. A política de nacionalização referida no doc.1 ficou conhecida por comunismo de guerra.
5. As principais medidas do comunismo de guerra foram a retirada da 1ª Guerra Mundial, todos os partidos políticos foram abolidos, sendo o Partido Comunista partido único, foram nacionalizados todos os bancos, fábricas e terras e foi implementada a censura. A produção agrícola foi retirada aos agricultores e distribuída pelos soldados e pelos operários, o comércio passava a ser feito por troca directa.

Guilherme disse...

1 - Czar Nicolau II, foi o líder da Rússia antes da Revolução Burguesa. Nicolau II foi o último imperador da Rússia e nasceu a 18 de Maio de 1868 e morreu a 17 de Julho de 1918.

2 - Lenine crítica que o governo quer continuar na guerra e que é uma má decisão. Ele também diz que o novo Governo burguês não merece a confiança do proletariado.

3 - O líder do Governo Burguês foi Kerensky que nasceu a 4 Maio de 1881 em Simbirsk e morreu em 11 de Junho de 1970 com 89 anos.

4 - A politica que defendia a nacionalização referida no documento é o comunismo de guerra.
O Comunismo de Guerra diz que todas as forças produtivas do país devem ser orientadas no sentido de combater os inimigos do povo, ou seja, os Russos Brancos e tropas de ocupação estrangeiras.

5 - As principais medidas são a requisição nos campos, o racionamento implacável nas cidades, a socialização da produção e trabalho, a distribuição dos últimos stocks de manufacturas, só existia um partido (Partido Comunista) para acabar com os oponentes, o Estado de sítio e polícia secreta (KGB), o imposto pela guerra e ruína (medida temporária), retiravam os excedentes aos camponeses para dar ao exército e para os operários e congelaram os salários.

David Morais Oliveira nº10 9ºD disse...

1. O lider Russo nas vésperas da Revolução Burguesa era Lenine.

2.

3. O responssavel pelo governo burguês foi Lenine.

4. A politica que defendia a nacionalização era o comunismo.

5.

Miguel Jorge disse...

1-O líder russo (da parte menchevique) nas véspras da Revolução Burguesa, foi Alexandre Kerensky.

2-Uma das caracteristicas de Lenine, era criar uma sociedade sem classes.

...

Eduardo Gomes, 9ºD, nº11 disse...

1. Nas vésperas da Revolução Burguesa (Menchevique) o líder russo era o Czar Nicolau II.

2. Lénine ataca as concessões aos «defensores da pátria» e ao Governo Provisório. Em vez disso, reclama a transição da revolução democrática burguesa para a revolução socialista, uma paz democrática, a expropriação do latifúndio, a nacionalização de toda a terra e a sua distribuição pelos camponeses e o controlo da produção e da repartição pelos Sovietes.
Lénine sublinha o carácter imperialista da guerra em curso, o compromisso real da burguesia russa e do seu Governo na continuação desta guerra, e que sem derrubar o capital é impossível pôr fim à guerra.
Lénine caracteriza o momento presente como de transição "da primeira etapa da Revolução, que deu o Poder à burguesia por faltar ao proletariado o grau necessário de consciência e de organização, para a sua segunda etapa, que deve colocar o Poder nas mãos do proletariado e das camadas pobres do campesinato". Aponta as características particulares deste período - máximo de legalidade na Rússia, ausência de violência sobre as massas e atitude inconscientemente crédula das massas em relação ao governo da burguesia. Destaca a dualidade de poderes - ditadura da burguesia no Governo, ditadura do proletariado nos Sovietes. Sublinha a fragilidade dos Sovietes, sob a influência maioritária do oportunismo pequeno-burguês. E traça a possibilidade de acabar pacificamente com a dualidade de poderes no país, e concretizar as reivindicações populares, com a palavra de ordem "Todo o Poder aos Sovietes!"

3. O responsavel do governo burguês é Kerensky.

4.A politica que defendia a nacionalização referida no documento era o Marxismoleninismo/Comunismo.

5.As suas principais medidas foram: a construção de uma sociedade comunista e a abolição da propriedade privada de terras, fábricas, bancos e outros meios de produção de riqueza, que foram nacionalizados sem indemnizações.

Hugo Martins 9ºD nº13 disse...

1.O lider russo antes da revolucão burguesa era czar nicolau II

2. As criticas que lenine faz, tem como objectivo alertar para o facto de para alem da russia estar a sofrer interior mente tambem estava a sofrer da guerra e que mesmo assim o governo pretendia permanecer na guerra.

3. O Líder da revolução burguesa era kerensky.

4. O comunismo

5.As suas principais medidas foram a nacionalização imediata dos bens e dos excedentes agricolas

Fernando disse...

Respostas de Fernando Figueiredo nº9 9ºE

1.O líder russo nas vésperas da revolução menchevique era o Czar Nicolau 2º.
2.As criticas que Lenine fazia ao novo governo eram que não merecia a confiança do proletariado devido a ser um governo capitalista e parlamentar.
3.O responsável pelo governo burguês era Kerenski.
4.A politica era o Comunismo de Guerra.
5.As suas principais medidas foram a nacionalização de todos os bens, de todos os cereais a mais e da fiscalização dos terrenos dos kulaks e só haveria um pertido.

Rodrigo Matos disse...

1.O líder Russo nas vésperas da Revolução Burguesa (Menchevique) era o Lenine.

2. As críticas que Lenine faz ao novo governo burguês são que ele não merece a confiança do proletariado e que o novo governo estava decidido que queria uma guerra.

3.O responsável do “governo burguês” era o czar Nicolau II.

4.A politica que defendia a nacionalização referida no documento é o poder autocrático.

5.As suas principais medidas eram os sovietes dos deputados, operários, soldados, camponeses representam um novo tipo de Estado.

Ana Margarida Carvalho Nº 2, 9ºD disse...

1.Quem liderava era o rei Czar Nicolau segundo.

2.Lenine acusou o novo governo da desastrosa situação a que a guerra tinha conduzido a Rússia.

3.O responsável pelo governo burguês
foi Kerensky.

4.Politica socialista.

5.As sua principais medidas foram, reforçar a defesa do país exterior;escolher um novo regime; e convocar uma assembleia constituinte.

Anónimo disse...

Nome: Joana Frade
Ano/Turma: 9ºE

1. Quem era o líder Russo nas vésperas da Revolução Burguesa (Menchevique).

O líder Russo nas vésperas da Revolução era Czar Nicolau II, último imperador da Rússia. Este nasceu no Palácio de Catarina, em Tsarskoye Selo, a 18 de Maio de 1868. O seu reinado iniciou-se a 1 de Novembro de 1894, com a morte do seu pai, Alexandre III. Durante o mesmo viu a Rússia Imperial decair de um dos maiores países do mundo para um desastre económico e militar e aprovou a mobilização de Agosto de 1914, que marcou o primeiro passo fatal em direcção à Primeira Guerra Mundial. O seu reinado terminou com a Revolução Russa de 1917, sendo aprisionado num palácio e posteriormente assassinado juntamente com a sua família pelos Bolcheviques na madrugada de 16 para 17 de Julho de 1918

2. Refere as críticas que Lenine faz ao novo governo.
Lenine criticava a democracia liberal e desejava uma revolução mais radical. Este pertencia a um partido denominado Bolcheviques (seu fundador) que se inspirava no marxismo, que preconizavam a tomada do poder pelos trabalhadores, para impor uma sociedade socialista que abrisse caminho ao comunismo.

3. Identifica o responsável do "governo burguês".
O responsável do governo burguês foi Alexander Kerensky, um político social-democrata e advogado, foi o segundo e último primeiro-ministro do Governo Provisório Russo, exercendo o cargo entre 21 de Julho e 8 de Novembro de 1917. Como líder revolucionário russo, desempenhou um papel muito importante na queda do regime czarista na Russo. Foi um dos líderes da Revolução de Fevereiro, mas não pôde evitar a Revolução de Outubro, quando os bolcheviques tomaram o poder.

4. Identifica a política que defendia a nacionalização referida no documento.
A política que defendia a nacionalização era a colectivização da agricultura.

5. Refere quais foram as suas principais medidas.
As principais medidas eram o agrupar os camponeses em Kolkhoses (cooperativas), consolidar o proletariado – Ditadura do Proletariado (forma de governo eu visa transformar e consolidar um estado comunista), nacionalizar os Kulaks e criação de Sovkhozes e limitar o capitalismo e desenvolver comunismo.

Soraia Carvalho nº27 9ºD disse...

1. O líder Russo nas vésperas da Revolução Burguesa era Kerensky.

2. Lenine críticava a instabilidade do novo governo.

3. O responsável do "governo burguês" era Czar Nicolau.

4. A política que defendia a nacionalização referida no documento, era a política de Lenine e Trotsky, que originou a Revolução Comunista.

5. Declarar uma paz democrática com a Alemenha;
Nacionalização dos bens da igreja, da coroa, da Nobreza e dos grandes proprietários;
Passa a haver um controlo operário sobre a produção;
Garantirá a convocação da Assembeleia Constituinte;
Todas as nacionalidades que viviam na Rússia têm o direito absoluto a si próprias;
O congresso passa o exercício de todo o poder nas províncias para os sovietes dos deputados operários.

Luisa Pires 9ºD disse...

4º Tpc de história; Luísa Pires 9ºD
1. O líder russo nas vésperas da revolução burguesa era o rei Czar Nicolau II.
2. Critica principalmente o facto de ser um regime de tendência capitalista e de não se preocupar com os problemas que a continuação da guerra com a Alemanha causava ao país, problemas esses que afectavam principalmente o povo.
3. É Kerensky, advogado que substituiu o príncipe Lvov na chefia do”governo burguês”.
4. A política que defendia a nacionalização de todos bens é a politica Comunista.
5. As suas principais medidas foram:
• A declaração de uma paz democrática com a Alemanha;
• A nacionalização dos bens (da Igreja, da coroa, da Nobreza e dos grandes proprietários);
• A existência de um controlo operário sobre a produção;
• A garantia da convocação da Assembleia Constituinte;
• A todas as nacionalidades que vivem na Rússia foi concedido o direito absoluto sobre si próprias;
• O congresso passa o exercício de todo o poder nas províncias para os Sovietes dos Deputados operários.

David Morais Oliveira nº10 9ºD disse...

Desculpe estar a eviar 2 TPC mas o primeiro eu fiz á pressa e nao fiz tudo por isso peço que veja só este sff.

1. O lidér russo nas vésperas da revolução burguesa era Czar Nicolau II

2. Lenine diz que o governo não merece a confiança do proletariado,diz que o governo vai prosseguir a guerra,quem representa um novo estado são os deputados, os operários, os soldados e os camponeses. Por fim diz que devem exigir a nacionalização imediata de todos os bens.

3. O responsável pelo governo burguês foi Kerensky.

4. A politica que defendia a nacionalização referida no documento era o comunismo.

5. As principais medidas do governo comunista consistiam em retirar aos camponeses todos os alimentos excedentes para dar aos soldados e racionamento implacável.

Anónimo disse...

1- Lenine.
3- Lenine.
4- Comunismo de guerra.
5- Agricultura.

Guilherme Alves

Rui Graça Nº 28 9ºE disse...

1-O lider russo era Czar Nicolau II.

2-

3- O responsável do "governo burguês" é Trotsky.

4- A política que defendia a nacionalização referida no documento é a Sociedade sem clases.

5- As suas principais medidas são:
- A deposição do goveno provisõrio e todos os membros são presos;
- Obter paz com a Alemanha;
- A nacionalização dos bens dos grandes proprietários, coroa e da nobreza;
- Controlar a produção;
- A criação de uma nova Assembleia Constituinte;
- E o poder para os Sovietes.

Anónimo disse...

Respostas do Pedro Magalhães
1- Nas vesperas da revolução Burguesa, a Russia era liderada pelo Czar Nicolau II.
2- Lenine não aceitava que o poder tivesse passado para as mãos da Burguesia, dizia que esse governo não merecia a confiança do proletariado, afirmava que o seu governo estava decidido a prosseguir com a guerra e exigia a nacionalização imediata de todos os bens.
3- O responsável pelo governo Burguês foi Kerensky
4- Essa pulitica foi a 2ª revolução.
5- As suas principais medidas foram a deposição do governo provisorio e todos os menbros são presos, nacionalizar os bens da nobreza, clero e dos grandes proprietários, o controlo sobre a produção, convocar uma nova assembleia constituinte, dar poder aos Sovietes e garantir as nacionalidades.

Andre Aquino nº4 9ºE disse...

1.O lider russo nas vesperas da revoluçao burguesa era Czar NicolauII
que governou de 1 de Novembro de 1894 a 15 Março de 1917.

2.As criticas de lenine foram dizer que o novo governo burgues nao merece a confiança do proletariado.

3.O responsavel do governo burgues é Kerensky político social-democrata e advogado, foi o segundo e último primeiro-ministro do Governo Provisório Russo.
Como líder revolucionário russo, desempenhou um papel primordial na queda do regime czarista na Rússia. Foi um dos líderes da Revolução de Fevereiro, mas não pôde evitar a Revolução de Outubro, quando os bolcheviques tomaram o poder.

4.A politica defendida no documento e o comunismo de guerra que consistia em uma estratégia adotada pelos bolcheviques russos durante a guerra civil que se ocorreu no país , logo após a Revolução Russa, em 1917. O Comunismo de Guerra se dizia que todas as forças produtivas do país deveriam se orientar no sentido de combater os inimigos do povo, ou seja, os Russos Brancos e tropas de ocupação estrangeiras.

5.As suas principais medidas foram:
* requisição de cereais;
* suspensão de todas as liberdades;
* censura à imprensa
* nacionalização de todos os bancos, fábricas e terras
* decreto do trabalho obrigatório
* requisição da produção agrícola
* comércio por troca directa
* direção do país tomada pelo partido comunista.
* Reforma Agrária
* Fim da Propriedade Privada
* Retirada da Rússia da Primeira Guerra Mundial
* Combate à fome
* Congelamento de preços e salários
* Centralismo democrático.

Anónimo disse...

1.O lider russo nas vesperas da revoluçao burguesa era Czar NicolauII
que governou de 1 de Novembro de 1894 a 15 Março de 1917.

2.As criticas de lenine foram dizer que o novo governo burgues nao merece a confiança do proletariado.

3.O responsavel do governo burgues é Kerensky político social-democrata e advogado, foi o segundo e último primeiro-ministro do Governo Provisório Russo.
Como líder revolucionário russo, desempenhou um papel primordial na queda do regime czarista na Rússia. Foi um dos líderes da Revolução de Fevereiro, mas não pôde evitar a Revolução de Outubro, quando os bolcheviques tomaram o poder.

4.A politica defendida no documento e o comunismo de guerra que consistia em uma estratégia adotada pelos bolcheviques russos durante a guerra civil que se ocorreu no país
logo após a Revolução Russa, em 1917. O Comunismo de Guerra se dizia que todas as forças produtivas do país deveriam se orientar no sentido de combater os inimigos do povo, ou seja, os Russos Brancos e tropas de ocupação estrangeiras.

5. As principais medidas foram: a requisição de cereais, suspensão de todas as liberdades, censura à imprensa, nacionalização de bancos, fábricas e terras, decreto do trabalho obrigatório, requisição da produção agrícola, comércio por troca directa, direcção do país tomada pelo partido Comunista, reforma agrária, fim da propriedade privada, retirada da Rússia da 1ª Guerra Mundial, combate à fome, congelamento de preços e salários e centralismo democrático .

Rita Lopes, nº 27 9ºE

Anónimo disse...

1. Era Trotsky

2. "O novo Governo burguês não merece a confiança do proletariado. O nosso governo está decidido a prosseguir a guerra. Os sovietes dos deputados, operários, soldados, camponeses representam um novo tipo de Estado. Devemos exigir a nacionalização imediata de todos os bens."


3. Foi o Czar Nicolau II

4. Comunismo de Guerra

5. - Requisição de campos
-Racisnamento implavalem nas cidades
-Socialização da produção e trabalho
-Distribuição das ultimos stocks de maufacturas
-Partido Únco e acabar com oponentes
-Estado de sitio e policia secreta
-Imposto pela guerra e ruina (medida temporária)
-Retiro de excedentes aos camponeses para exercito e operarios


André Santos nº3 9ºE

Adriana Leitão disse...

1- Nas vésperas da revolução burguesa que ocorreu em Menchevique, o líder Russo foi czar Nicolau II.
2- Lenine dirigiu a oposição ao governo provisório, acusando-o da desastrosa situação a que a guerra tinha conduzido a Rússia.
3- O responsável pelo "governo burguês" foi czar Nicolau II.
4- A política que defendia a nacionalização referida no documento é o comunismo.
5- As principais medidas do comunismo:
- o governo provisório é deposto, sendo a maior pare dos seus memebros presos,
- é declarada uma paz democrática com a alemanha,
- há nacionalização dos bens (daigraja, da corôa, da nobraze e dos grandes proprietários),
- passa a existir um controlo operário sobre a produção,
- será garantida a convocação da Assembleia Constituinte,
- todas as nacionalidades que vivem na Rússia têm o direito absoluto a si próprias
- e o congresso passa o exercício de todo o poder das províncias para os Sovietes dos deputados operários.

Daniela Cordeiro, Nº 9, 9º D disse...

1- Nas vésperas da Revolução Burguesa o líder russo era o czar Nicolau II.

2- As críticas que Lenine faz ao Novo Governo centram-se no facto do novo governo estar dominado pela burguesia e de ter uma democracia liberal, à qual Lenine se opunha pois pretendia realizar uma revolução mais radical em que os trabalhadores se apoderassem do governo e se impusesse uma sociedade comunista. Lenine também acusa o novo governo da desastrosa situação a que a guerra conduziu a Rússia.

3- Kerensky era o responsável que dirigia o governo burguês. Tratava-se de um socialista moderado.

4- A política referida no documento que defendia a nacionalização é o Comunismo de Guerra que era um imposto para todos os cidadãos, que tinha como objectivo combater as necessidades do exército e dos operários.

5- As principais medidas do comunismo de guerra foram retirar aos camponeses todos os alimentos excedentes para dar aos soldados, requisitar os campos, fazer um racionamento implacável, realizar a socialização completa da produção e do trabalho, formou-se um partido Único (PCUS), deu-se a aniquilação da dissidência e a repartição dos stocks e produtos manufacturados.

Bárbara Vidal Sousa disse...

1. O líder Russo nas vésperas da Revolução Burguesa (Menchevique) era o czar Nicolau II.

2. Lenine criticava o novo governo por este ser dominado por burgueses com uma democracia liberal.

3. O responsável do ''governo burguês'' era Kerensky

4. A política que defendia a nacionalização referida no texto era o Comunismo de Guerra.

5. As suas principais medidas foram:
# Retirar aos camponeses todos os alimentos excedentes para dar aos soldados,
# Ser um estado de sítio e Tchecka (polícia secreta)
# Requisitar os campos
# Nacionalização implacável
# Socialização completa da produção e do trabalho
# Existência de um partido único
# Aniquilção da dissidência
# Repartição dos stocks e produtos

On line



Projecto da responsabilidade de Carlos Jorge Canto Vieira


Seguidores

Hoje na História

Pesquisar neste blogue